Resenha VIII Cicorre – Praça da Várzea

 Corredores do Recife se reuniram na manhã de domingo para correr nas ruas da Várzea e na mata de Brennand

A Praça da Várzea ficou pequena para tantos corredores animados no dia 25 de agosto. A 8ª Cicorre do ano começou às 7h20 com a corrida infantil valendo medalha para todos os participantes e pódio para os primeiros lugares de cada categoria. Cerca de 10 minutos depois os corredores puderam desfrutar o percurso na conhecida (e aguardada por alguns) Mata de Brennand.

Com intenção de melhorar a trajetória dos corredores a organização do evento dividiu a largada em duas. Os corredores dos 5km deveriam sair primeiro e os dos 12 alguns minutos depois para conseguir uma pista livre. A intenção foi boa, mas infelizmente os inscritos na maior distância saíram em disparada ouvindo a sirene da outra largada e todo mundo disputou a pista no mesmo instante.

Um pouco atrapalhada a largada mas nem por isso a animação dos corredores foi menor. A chuva fraca e leve deixou os participantes mais confortáveis em aumentar a velocidade e melhorar o desempenho. E com a amenizada do sol muitos comemoraram ao final um record pessoal. O tempo da prova diminuiu na média para quem fez os 5 km, percurso sem lama e a dificuldade da mata de Brennand.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *