Resenha Campeonato Pernambucano de Duathlon 2019 – Recife

Atletas se preparam para o brasileiro em prova testa realizada na Via Mangue, o Campeonato Pernambucano de Duathlon 2019

Para atletas de duas ou mais modalidades as provas testes são ótimas para avaliar o seu desempenho em campo. A Fepetri – Federação Pernambucana de Triatlo proporcionou uma excelente oportunidade de treino com medalha no dia 30 de novembro em Recife com Campeonato Pernambucano de Duathlon 2019, competição com ciclismo e natação.

Apesar de todos os atletas em pista darem o melhor de si para subir ao pódio o evento tinha uma finalidade maior: ser uma prova teste para Federação Brasileira de Triatlo avaliar a possibilidade de levar para Recife o campeonato brasileiro. Uma possibilidade quase certa, vale informar, apenas necessitando de ajustes técnicos e calendário. E ao que tudo indica com o belo evento organizado na Via Mangue na manhã do dia 30 de novembro o brasileiro será também um enorme sucesso!

Cerca de 70 atletas chegaram cedinho na avenida conhecidíssima dos recifenses, a Via Mangue. Fechada para trânsito de carros até as 8h, o local sediou o duatlo em uma estrutura montada com cronometragem em diversos pontos para garantir um resultado fiel às regras da competição e auxiliar na arbitragem. Sistema de apoio com ambulância estava a postos para qualquer necessidade, o que não aconteceu.

Duas provas aconteceram ao mesmo tempo: sprint e mini sprint. Distâncias diferentes, mas todos dividiam a pista praticamente ao mesmo tempo. Enquanto alguns atletas davam duas voltas na corrida outros dariam quatro, garantindo um bom fluxo no evento. A transição pela bike foi tranquila dada a diferença de tempo dos competidores (tanto de pace como de distância a ser percorrida), deixando a prova fluida e auxiliando à arbitragem a fazer um bom trabalho.

Sucesso do evento e atletas felizes foi o cenário no final da manhã de sol extremo. O verão chegou com carga total e não seria diferente com os atletas de duatlo, que estavam exaustos mas sorridentes na largada depois de passarem por corrida, pedal e corrida novamente para finalizar com chave de ouro. Medalha no pescoço, agora é só comemorar a chegada do campeonato brasileiro da modalidade, previsto para o primeiro semestre de 2020.

Os participantes da prova podem relembrar os melhores momentos através da cobertura fotográfica do www.focoradical.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *