Resenha 38ª Cicorre – Segundo Jardim Boa Viagem – Recife/PE

Circuito de corrida de rua mais tradicional de Pernambuco abre seu calendário com a etapa Boa Viagem

Para alguns corredores o ano só inicia quando o circuito de corridas de rua mais tradicional do Recife começa. Então já podemos dar a largada porque a Cicorre 2020 iniciou no dia 26 de janeiro em Boa Viagem.

Um percurso sem novidades em relação aos anos anteriores e totalmente plano deixou alguns atletas confiantes quanto ao seu desempenho, com muitos sprints na chegada e disputas bacanas por um pontinho na faixa etária. Enquanto os corredores dos 5 km seguiram pela orla até Brasília Teimosa, os de 10 km percorreram o dique, chegando bem próximo do monumento de Francisco Brennand, escultura visível do Marco Zero.

Atrasos na largada e premiação – O horário de largada para este ano mudou: 7h. Infelizmente na primeira edição do ano o adiantamento não foi mantido, chegando bem próximo do horário antigo das 7h30. O motivo? O de sempre: inscrições na hora, um problema a ser solucionado gradativamente, uma vez que as inscrições virtuais já são uma opção.

A primeira Cicorre do ano é o dia da entrega da premiação. Infelizmente essa entrega dos troféus para os guerreiros do ano anterior permanece lenta, cansativa e com alguns problemas. Correções feitas na hora, pódios errados e troféus sem o nome correto deixam os corredores frustrados, sem contar com a demora em mais de uma hora pós corrida para iniciar a entrega. Seguimos na torcida por mudanças nesse quesito também, uma vez que muita coisa já mudou nos últimos anos no evento.